LogoPNG.png

Asteroid Day na Escola

1ª Edição - 2021 

SOBRE O PROJETO

    O Asteroid Day educa o público sobre as novas indústrias espaciais, acelerando as tecnologias e o avanço das atividades no espaço. O Asteroid Day luta por um aumento nas descobertas de asteroides, o mapeamento de nosso sistema solar e o desenvolvimento de tecnologia que pode um dia nos permitir proteger nosso planeta dos impactos de asteroides.

    Por meio de reuniões online com os alunos e professores, iremos abordar sobre a importância dos asteroides, a missão OSIRIS-REx e seu progresso atual. Serão feitas algumas atividades de recreação com os participantes, tais como concursos de desenho e literatura, que premiará as melhores obras com equipamentos para auxiliarem na educação a distância. O conteúdo será repassado através de vídeos práticos e de fácil entendimento, para que os alunos sejam educados sobre o dia do asteroide de maneira bem didática. Todo o progresso será registrado em nosso perfil do Instagram.

PROGRAMAÇÃO E ATIVIDADES

​Aqui você encontra todos os materiais sobre:

  • Introdução ao Asteroid Day

  • A missão OSIRIS-REx

  • Atividades de aprendizado

  • Concurso de desenho

  • Concurso de literatura

 

24/06

25/06

29/06

30/06

Introdução ao Asteroid Day

 - O que é, para o que serve?

 - Atividades de aprendizado

Missão OSIRIS-REx

 - Detalhando a missão

 - Atividades de aprendizado

Prazo final para a entrega das atividades e obras dos concursos

Divulgação dos vencedores e agradecimentos finais

INTRODUÇÃO

     O Asteroid Day é um programa educacional e de conscientização dinâmica para inspirar o mundo sobre asteroides, incluindo: seu papel na formação de nosso universo, como podemos usar seus recursos e como os asteroides podem abrir caminho para exploração futura e, finalmente, como podemos proteger nosso planeta de impactos de asteroides.

    As Nações Unidas declararam 30 de junho como o Dia do Asteroide, comemorando o aniversário do impacto do asteroide Tunguska sobre a Sibéria, Rússia, em 30 de junho de 1908. Em todo o mundo, eventos organizados regionalmente são realizados no Dia do Asteroide. Esses eventos variam de concertos ao vivo e eventos comunitários a palestras, apresentações e outros programas educacionais - todos com o objetivo comum de aumentar a conscientização sobre a necessidade de maior detecção e mapeamento de asteroides.

 

   Durante o Dia do Asteroide, continuaremos a inspirar as pessoas e mentes jovens a olhar para o céu e se entusiasmar com nosso Sistema Solar.

(Vídeo e atividades estarão disponíveis em breve).

Poster do Asteroid Day

OSIRIS-REX

   OSIRIS-REx é uma missão de ciência planetária, a terceira selecionada no Programa Novas Fronteiras, da NASA. A missão consiste em enviar uma sonda para estudar e coletar amostras do asteroide Bennu, um asteroide carbonáceo, seu retorno a Terra será em 2023. Especula-se que o material trazido pelo coletor de amostras permitirá aos cientistas perceber o que aconteceu antes da Formação e evolução do Sistema Solar, os estágios iniciais da formação do planeta e a fonte dos compostos orgânicos que levou à formação de vida.

osiris rex.png
Sonda OSIRIS-REx tocando no asteroide Bennu

O lançamento ocorreu em 8 de setembro de 2016 às 20h05 (horário no Brasil) no Cabo Canaveral, o foguete usado tinha como nome Atlas V 441, criado pelo United Launch Alliance. Era composto por duas partes, a parte inferior (primeiro estágio) possuía um motor e propulsor que se alimentava de combustível sólido. A parte superior (segundo estágio) Centauro guardava a sonda, que a levou ao espaço para dar inicio a sua missão.

OSIRIS-REx se separou do veículo de lançamento 55 minutos após o lançamento da Terra, com a velocidade de 5,4 km/s. O lançamento foi declarado como exatamente perfeito, sem alguma anomalia antes ou durante o lançamento.

A OSIRIS-REx entrou na fase de cruzeiro (etapa da viagem em que percorre do inicio até o seu destino final) rapidamente após a separação do veículo de lançamento, seguindo a uma liberação bem sucedida do painel solar, iniciação do sistema de propulsão e estabelecimento de um link de comunicação com a Terra. Durante a fase de cruzeiro, a espaçonave usou propulsores a bordo e sobrevoou a Terra para aumentar sua velocidade com o adicional de 0,52 km/s. O cruzeiro durou até agosto de 2018, quando a espaçonave encontrou-se com Bennu e começou a parte de análises e coleta de amostra.

OSIRIS-REx_launch_28928192294_39afbc0b8f
osiris_bennu_cultura_interna_2_20181213.

No dia 3 de dezembro de 2018, a NASA afirmou que OSIRIS-REx havia se equiparado com a velocidade e órbita de Bennu a distância de 19 km, efetivamente alcançando o asteroide. Nos dias seguintes, a OSIRIS-REx realizou passagens mais próximas de Bennu, e então entrou em órbita ao redor do asteroide em 31 de dezembro de 2018 a cerca de 1,4 km e começou sua procura extensiva por um lugar para recolher a preciosa amostra. Foram realizados vários ensaios para o evento final de coleta de amostras.

Em 20 de outubro de 2020OSIRIS-REx tocou com sucesso em Bennu. A NASA confirmou por meio de imagens de vídeo que a OSIRIS-REx fez contato, tendo esmagado algumas das rochas na superfície do asteroide, conforme desejado, para obter partículas pequenas o suficiente para serem coletadas de amostra.

Detalhando mais o processo de aquisição da amostra, vale relatar que todo o processo foi feito lentamente e com bastante precisão. A descida de aproximação foi extremamente lenta, para minimizar a utilização dos propulsores e priorizar o contato, tendo como objetivo a não contaminação da superfície do asteroide. O contato com a superfície de Bennu foi detectado usando acelerômetros, e a força de impacto foi amortecida por uma mola contida no braço que a sonda possui, chamado de TAGSAM.

O contato com a superfície do asteroide foi feito através do braço TAGSAM, o que fez uma pequena explosão gerando assim, pequenas pedras que foram sugadas pelo coletor contido na ponta do braço robótico, são essas as amostras tão desejadas pelos criadores da missão. Após a coleta, foi iniciada a manobra de retorno para uma saída segura do asteroide. A sonda realizou um giro ao redor do asteroide para caso fosse necessária outra tentativa de coleta, porém não foi necessário. A sonda usou imagens e manobras giratórias para confirmar que a amostra foi adquirida e que atendeu com sucesso a quantidade requerida de 60 gramas de amostra.

Após realizada a coleta, o compartimento de segurança foi aberto e o braço robótico guardou a capsula contendo as amostras, após essa etapa, o compartimento foi fechado e lacrado pronto para o retorno à Terra.

Em 10 de maio de 2021, a espaçonave disparou os motores principais e potência máxima por sete minutos. Esta aceleração mandou a espaçonave a quase 1.000km/h rumo à Terra.

orex-sc.png

Neste momento, a sonda OSIRIS-REx está no caminho de volta a sua casa e chegará trazendo as amostras do asteroide Bennu em 2023. Até lá, aguardamos ansiosamente pelo seu retorno.

(Vídeo explicativo e atividades estarão disponíveis em breve).

botão.png
 
Scanner_20210630 (10).png
Scanner_20210630 (3).png
Scanner_20210630 (8).png

GANHADORES
DO CONCURSO

Desenho: Jeanderson dos Santos
Literatura: Aleff Nascimento
Menção Honrosa: Luiz Fernando
7" Polegadas
16GB Interno
Multilaser Tab M7s.png
Caixa de presente
(Para cada)
01 TABLET 

CONCURSO DE DESENHO

​Entenda mais sobre asteroides para produzir o seu desenho:

  • O que é um asteroide? (link)

  • Asteroides e suas características (link)

  • Diferença entre asteroides (vídeo)

 

CONCURSO DE LITERATURA

Vídeos para alimentar sua inspiração e criatividade:

  • Exploração espacial com Atila Iamarino (vídeo)

  • Por que exploração espacial é importante? (vídeo)

  • Como encontrar planetas com Pedro Loos (vídeo)

  • O Monstro no centro da galáxia com Pedro Loos (vídeo)

  • Feliz 2050 com Pedro Loos (vídeo)

 

MUITO OBRIGADO A TODOS OS PARTICIPANTES!

GALERIA DE IMAGENS DO EVENTO

 

Projeto Idealizado por Vinicius Maciel e Victória Dias.

2021 © Todos os direitos reservados.

Asteorid-Day-white.png